Continuação;

Bom, no fim das contas, eu fiz 38 questões (pouco, de acordo com a minha mãe) e o Marcelo, 42 (muito, de acordo com minha mãe também) (não, não sei que critérios ela usou).

Achávamos que ia dar certo, opa, vamos fazer francês agora, mas no fim das contas nem deu. Nem passamos. E, é, não tinha redação, eu não sabia de nada sobre História, mas quase fechei a prova de interpretação de texto. Pelo menos.

0 comentários:

Postar um comentário


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.