Photobucket


Então é isso: você passa três anos da sua vida estudando com um único propósito que é o vestibular, finalmente entra na faculdade e tudo lá parece um sonho. Até o ônibus que você pega (que tem uma hora, uma hora e vinte de viagem) é lindo. Aí você chega no segundo semestre e seu namorado te pergunta:
- Amor, tá carregando material de construção aqui? Que diabo de bolsa pesada é essa?

Você para um segundo para refletir e descobre que, não, não estou carregando tijolos. Ainda. E sim:
Um estojo que tem aproximadamente 700g, uma tesoura de costura, uma cola em bastão, uma curva francesa, um caderno pequeno para anotar a matéria, um celular, um i-pod, bolsinha de dinheiro, caixa do óculos com o óculos dentro (e você optou pela caixa mais leve), uma carretilha, grampeador pequeno, fita métrica, régua de 60cm, carteirinha de estudante, bombinha para asma, dois esquadros, um apontador que parece um peso de papel, um pacote de canetinhas, um caderno de desenho enorme, um bloco de papel vegetal, sua chave, sua carteira, remédios pra cólica + dor de cabeça, algumas folhas de papel ofício, alfinetes, réguas de curva e de quadril, uma pasta A3 com várias folhas, xerox e moldes dentro e um rolo de 2m de tecido.

Para chegar na aula e notar que esqueceu vários moldes, um rolo de fita gomada, o durex, a cola branca, a tesoura pra papel e o sua necessaire, porque é claro que no banheiro da sua faculdade, nem espelho tem.

É isso aí.
(O ombro de Gabriela Pudding começa a afundar do lado direito)

0 comentários:

Postar um comentário


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.