O que faz você feliz?

O que faz você feliz?


Focinhos gelados, rabinhos balançando e alguém te esperando em casa não importa quando? Saias rodadas, havaianas coloridas e um dia colado ao amor da vida? Um dia de chuva, um livro bom, a casa cheia e repleta de som? Passear de mãos dadas, fazer um desenho, reconhecerem o seu empenho? Tomar coca-cola, assistir o mais americanizado do seriados e comemorar o dia de São Valentim com alguém do seu lado? Tortinhas de limão, abraço da melhor amiga e sentir, quando te vejo, aquele friozinho na barriga? Um jantar gostoso, uma rede na varanda, um show inesquecível da melhor de todas as bandas? O que faz você feliz?

Isso que me faz feliz. E aquela propaganda com o Arnaldo Antunes, e agora com o Seu Jorge, é uma delícia, mesmo.
- Sexo com vontade ou com amorzinho? - sempre perguntava ela.
E era isso, ou uma ou outra, jamais as duas. Claro que um dia, um dia que devia fazer sol e ventar (como nos mais belos dias de Fortaleza), ela acreditou. Acreditou em amor verdadeiro, em primeira vez com alguém ideal, com preliminares cheias de vergonha e de carinho. Do lado dela, claro. Mas a vida passa e as pessoas acabam aprendendo... Aprendem que o amor é raro, que relacionamentos são trabalhosos e custam caro, e que noites anônimas acabam sendo bem mais em conta.
Afinal, colocando tudo na balança, de que adianta esperar tanto para sofrer depois? Assim, casual, é melhor. Um dia, quem sabe, dá certo. Enquanto este dia de sol e vento não chega... É, ela experimenta.

--------------------------
Deixando claro que este é um post fictício, e embora eu ache até engraçado, por favor, não comentem tentando me fazer acreditar no amor. Eu acredito. É por isso que assisto Oprah todo dia.

São Valentim

seja meu

Feliz Valentine's Day! Vale passar no PostSecret e dar uma olhada nos adoráveis segredos do dia de São Valentim.

Ah, e por acaso, Marcelo, eu te amo.

Continuação;

Bom, no fim das contas, eu fiz 38 questões (pouco, de acordo com a minha mãe) e o Marcelo, 42 (muito, de acordo com minha mãe também) (não, não sei que critérios ela usou).

Achávamos que ia dar certo, opa, vamos fazer francês agora, mas no fim das contas nem deu. Nem passamos. E, é, não tinha redação, eu não sabia de nada sobre História, mas quase fechei a prova de interpretação de texto. Pelo menos.

O Castelo Animado

Peguei da Lya esse jogo:

1. Pegue no livro mais próximo, com mais de 161 páginas;
2. Abra o livro na página 161;
3. Na referida página procure a 5ª frase completa;
4. Transcreva na íntegra para o seu blog a frase encontrada;
5. Passe o desafio a cinco pessoas.

Photobucket Aproveitando o momento, peguei o último livro que acabei de ler (presente de aniversário do meu amor) e que sabia que ia me apaixonar: O Castelo Animado.

"- O que quer dizer com vendeu todos os meus livros? - ela ouviu Howl dizer. - Eu precisava de um deles. Não eram seus; você não podia vendê-los."

Tudo bem que não foi só uma frase, mas não faria sentido se eu transcrevesse só a quinta. Quem quiser prosseguir com o desafio, sinta-se a vontade!
E, se serve de dica, comprem o Castelo Animado. É o livro para crianças mais adulto que já li.

25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.