Nada pra fazer

Alguns tópicos sobre as férias e o meu atual estado de espírito:

- Todo dia, de manhã, quando o despertador toca às 6:20 (e às 6:30, 6:40, 6:50 e 7:00, para o horror dos meus familiares) morro de vontade de berrar dizendo "NÃO QUERO MAIS IR PRO ESTÁGIO", "MÃE SOCORRO" "TATAU VAI NO MEU LUGAR", essas coisas. Tudo bem. Só faltam mais duas semanas, sinto que minhas férias estão escapando pelos meus dedos, e não posso nem pedir aos céus para essas duas semanas passarem correndo (porque.. se elas forem embora, eu acabarei o estágio, mas aí as aulas irão começar. Será que dá pra entender o desespero?). Enfim, precisava dizer isso: CANSAY.

- Ultimamente, fiquei louca por esmalte e maquiagem. Agora sempre que vou sair tento me maquiar direito, e com vontade, coisa que não fazia antes... E fico pesquisando sites e mais sites pra descobrir o melhor rimel, os melhores truques, essas coisas. Comprei um iluminador e me apaixonei, mas ainda não consigo me sentir satisfeita com o mundo dos esmaltes. Acho que nada dá certo em mim, sempre que tento mudar (e não pintar de branco ou vermelho-padrão), acabo odiando, e tenho preguiça de tirar, essas coisas. Mas juro que um dia vou ter coragem de pintar minhas unhas de verde-menta.

- Nessas férias ociosas, fiz uma listinha de coisas que eu gostaria de fazer, e até agora fiz... Uma coisa! Claro que é uma coisa bem tola, claro que isso não diz respeito à ninguém a não ser, bem, eu, mas ontem cheguei ao level 130 do rpg que eu estou jogando já faz MAIS de dois anos. Tudo bem, não é merito nenhum, uma criança de 10 anos consegue essa proeza em 3 dias. Mas eu tenho que frisar que estudo numa faculdade, tenho um estágio e um namorado, então...

- Ontem, pensando bem, foi um dia de muita glória e alegria. Além de chegar ao level 130, fui assistir a estréia do Harry Potter (L) e ainda, depois de passar uns 10 minutos olhando fixo pra prateleira de livros Infanto-Juvenis da livraria, encontrei o que eu tanto procurava: A Oxford de Lyra, continuação dos livros deliciosos da Fronteira do Universo que eu tanto amo.

Bom, é isso aí.
São dez horas e com isso eu matei mais uns vinte minutos do meu horário interminável de trabalho. Agora acho que vou voltar a minha tarefa diária de sair olhando blogs atrás de rímels, penteados e novos itens que vou precisar no rpg.

25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.