Retrospectiva

Dia desses a Veve, minha querida amiga, me mostrou a galeria deste cara no DeviantArt. Ver galerias impressionantes serve tanto para nos impulsionar a melhorar, ver que é possível chegar àquele ponto, como também serve pra gente olhar pros nossos desenhos e suspirar de desgosto. Eu fico nesse meio termo, normalmente.

Mas uma das imagens que eu mais gostei foi essa daqui, e eu decidi fazer uma também! Então, vamos lá com a Máquina do Tempo.

6 anos


Por mais que pareça exagerado, quem viu uma foto minha criança sabe que é bem por aí. Eu odiava esse cabelo e sonhava em ter os cabelos longos quando era criança, mas hoje acho bem fofinho. E como diria o pai do Calvin, certamente formou o meu caráter. Minha avó tinha mania de dar vestidos aos pares para as netas, então eu e minha prima tínhamos esse mesmo vestido! E eu também tinha uma fivela de lacinho vermelho, super fashion.

Quando eu era pequena, eu gostava muito MUITO de ler. E meu filme favorito era Pateta, o Filme, que eu gosto até hoje!

14 anos


Já com 14 anos, a coisa começou a desandar. A adolescência fez com que o meu cabelo beirasse o crespo, e eu tinha muitas espinhas na testa, usava óculos, e não era o que se pode chamar de sociável. Fora que eu era muito alta e magra em comparação ao resto das pessoas. Mesmo assim, eu tinha muitas amigas e era muito feliz (Y). Nessa época eu era louca por Rooney, e recém-casada com o Orlando Bloom. E também era viciada nesse tamanco clog, que eu achava a-coisa-mais-linda-do-mundo, e usava sem parar! Mas era muito vanguarda pra minha idade, e hoje eu tenho até orgulho, beijos.

Ah sim, e vale ressaltar que foi nessa época que Monique Rodrigues apareceu de mala e cuia na porta da minha casa, depois de mais de um ano sem se ver, e desse dia em diante nós decidimos que iríamos escrever um livro, que mais tarde se chamaria "O Livro Secreto dos Descendentes".

20 anos


Quando completei 19 anos, como mágica, meu cabelo alisou, como se avisasse: sua adolescência chegou ao fim, e com ele o seu cabelo crespo. Até hoje eu vejo as fotos e tomo um susto! Acho surreal como foi repentino. Atualmente, ele tem 4 3 cores: a raiz é da cor natural, castanho escuro padrão Brasil, e depois fica um castanho mais claro-chocolate de banhos de brilho que eu fiz para cobrir os meus cabelos brancos precoces, e loiro nas pontas de mechas californianas.

De uns anos pra cá também comecei a adquirir mais vestidos! Quando era adolescente eu NÃO usava vestido sob hipótese alguma, até que as festas de 15 anos começaram a aparecer. Esse eu comprei em Buenos Aires en mi querida Complot, a preço de banana, vale ressaltar. E as minhas sapatilhas eu comprei em 2008 numa Zara do Rio, porque achei linda e barata. Ela machucou muito, MUITO o meu pé no primeiro ano, mas eu não desisti dela e hoje é o meu sapato favorito. Tô muito preocupada com a ditadura da moda que diz "aposente a sua ankle-boot, in agora é uma clog". Clog pra mim é tamanco e sapato tem que ser bonito e usado até o fim :)

Ah, eu não me coloquei segurando um livro-temático, primeiro porque eu não consegui achar posição (hehehe) e segundo porque não tive nenhum livro super destaque esse ano. Li Retalhos no começo do ano e amei, principalmente porque acendeu a minha paixão por graphic novels. Então, fiz uma montagem dos livros que estou lendo:

Agora Lendo


Na verdade, eu já acabei de ler O Hobbit e (não atirem pedras) achei ótimo, muito melhor do que o Senhor dos Anéis (que ocasionalmente me dá sono). Estou lendo o Fanzine do Moon e do Bá, que é muito inspirador pra quem sonha em seguir a carreira de Quadrinhos! Sou muito fã dos dois. E por último, livro que eu estou amando e devorando, o terceiro da série da Sally Lockhart. Eu amo o sr. Philip Pullman e tudo que sai da cabeça dele, simplesmente!

Também estou lendo uma mini-biografia do Noel Rosa, mas isso renderá outros posts a frente. E, caramba, que post gigantesco! Melhor parar enquanto alguém ainda está lendo.

PS: Antes tarde do que nunca, fiz um twitter! Sigam-me!
  1. Gabi! Seus desenhos são super fofos também, não ligue pra essas pessoas que nascem viradas pra Lua - pq não tem outra explicação. Também me esforço muito mas reallyreally ainda sou decadente demais com meus traços-rabiscos.

    Achei uma amor você desenhar os detalhes do vestidinho de quando era criança!.. e eu ri quando vi o Harry Potter na sua mão no desenho seguinte hahaha
    Aliás! Te conto: comecei a ler por sua causa. Estou lendo junto com livros da faculdade então comento minha lerdeza com você depois . Aliás! Estou gostando muito!

    Fiquei curiosa quanto o livro do Fábio Moon e do Gabriel Bá e, espero um dia ler os livros de Senhor dos Aneis também já que gostei do primeiro filme que vi- e único, pode apedrejar- da série.

    Enfiiiiim!
    Adoro ler você!

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  2. E.. a leitora fantasminha comenta novamente!
    Preciso admitir que acho seus desenhos lindos. Um dia desenharei assim. hehehe
    E.. tô apaixonada pelo seu vestido preferido.

    :*

    ResponderExcluir
  3. Bravo Gabi!

    Fiquei tentada a fazer a minha RETROSPECTIVA também!!

    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. nossa, quando eu saí da adolescência, meu cabelo alisou muito automaticamente também! acho que cabelo ruim faz parte do combo que te deixa odiosa dos 12 aos 17 anos :/

    ResponderExcluir
  5. Gabi, faço minha suas palavras... quando olho pra essas ilustrações vejo o quanto posso melhorar e aprimorar, mas vc minha amiga desenha super bem!! sou sua fã vc sabe né?!!
    Adorei sua retrospectiva, achei muito fofa sua história e suas ilustrações!! Seu vestido preferido é lindo e o melhor é que ele custou baratinho, adoro esses achados ;)
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  6. Baby pudding!

    Ai, roubou meu coração.

    ResponderExcluir
  7. ahahah
    adorei!! tão fofinha com 6 anos ;D

    Sim! meu blog bombando né?! ahahha
    desde a mudança de layout! Muito Obrigada ;)
    e teve um encontro de blogueiras q eu fui convidada né?!
    dai conheci muita gente!!

    beeeijO!

    ResponderExcluir
  8. Ei Gabi!
    Mto legal seu blog, e amei os desenhos, como eu queria saber desenhar, hahaha!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  9. Que post mais fofo!
    Achei muito digno os seus desenhos, queria saber desenhar assim.
    Enfim, gostei MUITO do blog.
    Tô seguindo e vou te linkar. ;)

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Que desenhos lindos! Adorei o post! =)

    ResponderExcluir
  11. eu adorei seus desenhos. acho que por mais técnicas brilhantes que existam, e elas devem sim serem aplicadas e as obras aprimoradas, evoluir sim, perder a essência e o seu traço nos desenhos jamais. andei vendo alguns outros desenhos seus por aqui, e eles possuem uma caracteristica própria e uma estética linda aos olhos.

    Adorei as ilustrações sobre o seu crescimento, esse lance de ilustrar como eu era antigamente pode até ser clichê, mas... o que ha de errado com os clichês, não é mesmo?

    Gostei de verdade, beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oie, Gabi! Seus desenhos são incríveis demais e não canso de repetir o quanto você é talentosa! Amei o vestido favorito, quero ver na íntegra, hein? Adorei o modelo e as cores. É impressionante o quanto crianças leitoras tendem a permanecer assim depois de crescidas, não é? Adorei ver você com seus livros queridos nas mãos. De certa forma, eles fazem parte de nossa personalidade. Eu também adoro o Philip Pullman! Com certeza um gênio, com obras subestimadas ;/
    Ah, preciso dizer que fiquei MUITO feliz em saber que gosta do que escrevo... Eu realmente tento passar toda a paixão que sinto pelas coisas através das minhas palavras e é ótimo saber que estou conseguindo ^^' Obrigada, de coração! Saiba que também adoro o jeito que você escreve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Gabi, bom andar por aqui... virei mais vezes.
    É, você notou direitinho a fonte que mais bebi. Sou fã da Fernanda Guedes desde as caixinhas da Riachuelo e foi o traço que mais segui até hoje. Adro muito ela.
    Adorei sua linha do tempo, mas não sou muito bom com auto retratos, um dia quero fazer uma dessas tb.
    bjs

    ResponderExcluir
  14. OMG, guria, os seus desenhos são as coisas mais lindas e amadas do mundo. E o tempo faz um bem para a gente, né? Eu era uma adolescente meio cheinha, de aparelho nos dentes e cabelo ruim. Só Deus sabe o quanto eu mudei, hahaha.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  15. Eu quero fazer uma maquina do tempo também.. Os desenhos ficaram tão legais, super fofos Flor ;D
    Adorei a ideia.
    Adolescencia é mesmo terrivel né? eu era lotada de espinhas e meu cabelo era pessimo, mas faz parte.
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  16. Nossa, me apaixonei pelo seu blog! Virei mais vezes e seguirei no twitter.
    P.S.: Adorei a retrospectiva, desenhos legais! :)

    ResponderExcluir
  17. agora me diz: por que todo mundo tinha um cabelo zuado aos 14 anos?! hahahaha

    e um dia eu ainda aprendo a desenhar bonitinho assim!

    ResponderExcluir
  18. Ah, eu já vi esse coisinho (que eu chamaria de meme, mas não sei se é bem o caso) no LiveJournal (sabe?). Eles fizeram uma compilação de todos os usuários que já participaram disso. Não sei se é exclusivo para conta LJ, mas tenta se incluir lá: http://davario.livejournal.com/30861.html

    Gente, que série é essa do Pullman? Não conheço... Vou tratar de procurar já. Fronteiras do Universo foi a melhor trilogia que já li.

    ResponderExcluir
  19. Achei uma gracinha! De verdade.
    Sempre tive vontade de fazer esse meme, mas morro de preguiça.

    ResponderExcluir
  20. "...e não era o que se pode chamar de sociável." Essa ainda é a minha realidade. rs

    Cabelo... o meu agora está em uma cor, mas já passou por mechas loiras, castanho, mechas californianas vermelhas, e comecei no ruivo e agora, com muito custo eu parei com o castanho escuro. Eu sou bastante decidida! haushuas

    Ps. Eu amo seus desenhos. Sério!:*

    ResponderExcluir


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.