Achados da Praça XV


Como comentei no post falando sobre a Feira da Praça XV, é virtualmente impossível sair dela imune. Mesmo que você já tenha completado suas coleções, não esteja a procura de nada especial... Alguma coisa você vai encontrar. E vai ser barato, e vai ser bom. E você vai sorrir pra si mesmo e querer espalhar suas compras no chão, como eu fiz, só para poder olhá-las novamente.



Dessa vez, não fomos agraciados com nenhum achado baratérrimo (daqueles que dá vontade de rir só de pensar), mas com alguns muito bons. Como por exemplo, a armação do futuro óculos de grau do Marcelo, que foi R$ 20, ou as pulseiras, que custaram R$ 10 cada uma. E ele comprou todos os quadrinhos dele (esses que não são do Tintim) por R$ 50.

Agora, não sei o que foi melhor: esse óculos escuros lindo da Burberry, por R$ 100, ou estar cada vez mais perto de completar a minha coleção do Tintim, por R$ 120. Não sei, só sei que foi bom.


Tinha esquecido de colocar a minha llaminha na foto! Já a batizamos de Ares, e agora ela está ao lado de seu irmão mais velho Hermes na minha estante. Espero que a coleção um dia aumente, porque elas são tão queridas (podem me dar llaminhas de presente).

Acho lindo que minha avó opinou na construção da foto
e adicionou o ticket do cinema e o chaveiro de florzinha que ela me deu. Vovó blogger.

E agora um bônus, uma foto que encontrei enquanto vasculhava os meus arquivos!  Porque quando eu e o Marcelo viajamos ao Rio pela primeira vez em 2008, também tivemos a ideia de juntar tudo que havíamos achado na Praça XV. A foto não está das melhores, mas podemos ver o Ericofone que eu trouxe pro papai (que coleciona telefones, entre muitas outras coisas. A corujazebra e as colherinhas das fotos acima são para as coleções dele), o jogo de xícaras com gueixas, e os três quadrinhos que desde esse dia estão na minha parede. E o Garfield no velho esquema de R$ 2.

Ah, e a latinha vermelha da mamuschka, que eu usei a faculdade inteira para guardar minhas coisas de costura, e que anos depois (em 2011), encontrei uma mini pra fazer conjunto lá na feira de San Telmo, em Buenos Aires. Quem sabe um dia eu faço um post com todas as latas/caixas...



  1. Quantas coisas legais e lindas! Adoro feiras de artesanato, sempre tem tanta coisa maravilhosa que nunca sei o que comprar e acabo não comprando nada. Preciso mudar isso. Coisa vintage de verdade é sempre mais legal. Ameeeei as colheres. Teria em casa. O que mais seu pai coleciona?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Cara, você postou seus achados, que lindo <3 Achei que tivesse desistido da ideia.
    Mas agora não sei se gostei de ver, porque tou me roendo de inveja. Achei tudo tão legal - por favor, quero uns óculos desses. Achei os precinhos ok - não é de graça, mas com certeza mais em conta que aqui.
    Ai, Couth, da próxima me leva junto!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Ai, cada coisa linda Gabi!
    Principalmente esses óculos escuros! ;)
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Que fofa a sa avó! <3
    Adorei seus achados, essas pulseiras em SP saem por uns 50 dinheiros. #chatiada
    E sua coleção do Tintim vai ficar muito charmosa com itens de vários cantos.

    ResponderExcluir


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.