Planejamento de Looks de Viagem

Quando eu estava em Londres, fiz uma mini viagem para conhecer a Escócia e algumas cidades da Inglaterra, como Liverpool e York. Fui sozinha numa excursão, e tinha que ir encontrar com o ônibus 6h da manhã num hotel distante da minha casa, então realmente tive que colocar o tico e o teco para funcionarem antes de arrumar a mala. Primeiro porque a única mala que eu havia levado era gigantesca, e eu ainda não tinha ido comprar a outra que acabei precisando para voltar pra casa, tinha só uma sacola de viagem comum. Ou seja, nada de fazer como eu sempre fiz, e colocar todas as roupas do mundo, senão eu ia morrer carregando o peso tanto pelo metrô, quanto pelos hotéis quando tivesse por fora. Foi aí que eu decidi fazer um planejamento de looks que tantos programas de moda da tv ensinam. Sim, levar roupas que combinem entre si, e mais importante, não levar nada de sobrepeso. Então montei os looks num caderno (escrevendo mesmo: meia calça preta, short de couro, bota, blusa branca por baixo, blusa cinza por cima, cardigan preto e casaco bege), levando apenas um vestido extra mais arrumadinho, e fui.

Foi a melhor coisa que eu fiz. Quando chegava no hotel à noite, morta de cansada, só fazia separar o look. E no dia seguinte não precisava ficar raciocinando, era só se vestir e partir pro abraço no full english breakfast (acho que meu prato favorito até hoje, porque se existe vida, ela só faz sentido com bacon e cogumelos no café da manhã). O problema é que como eu só levei uma roupa extra, TODO jantar eu ia com o mesmo vestido (foram só cinco dias, gente hahah), e tal. Tudo bem.

Então quando fui viajar pro Rio dessa vez, tive a ideia de fazer um planejamento, até para escolher o que eu ia levar de acessórios, o que ia combinar, e tal. E fiz desenhando, assim bem tosco mesmo, só pra visualizar melhor.




Não foi um planejamento muito sábio, porque dependia de algumas coisas que eu ainda ia comprar (uma sandália rasteira, por exemplo), mas pelo menos levei várias roupinhas extras. Nada de muito glamouroso, porque em viagem eu quero ficar confortável acima de qualquer coisa. (E não, eu não acredito em blogueira de moda que diz que look de viagem comporta salto Louboutin 15. Aposto que ela tava de croc e trocou só pra tirar a foto). Mas aí né.

Aí eu estava no Bar Urca, quando, descendo um batente... Eu caí. E eu torci o meu pé. Mais uma vez. Então todo o meu planejamento de looks, todo o meu planejamento de programas que iria fazer no Rio... tudo foi por água abaixo. Porque essa passou a ser a minha realidade.


No dia mais quente de verão registrado nos últimos 60 anos, eu estava indo pro hospital aos prantos, com o pé inchando e virando a Tia Guida, e meu joelho esfolado latejando. Rio 46º e eu de gesso na perna. Às vezes eu jurava que minha perna estava defumando, de tanto calor que eu sentia, e meus dedos dos pés virando linguicinhas.

Mas assim, soando extremamente romântica, Deus põe as pessoas certas nas nossas vidas. E Ele colocou o Marcelo na minha, e uma disposição enorme no coração dele, porque ele me empurrou de cadeira de rodas velha por todos os programas que deu para a gente fazer. E me deu apoio quando eu tive que subir escadas aos pulinhos. E me empurrou em todas as araras da Zara e esperou pacientemente eu escolher entre um monte de blusas, e choramingar um pouco porque queria mesmo era comprar calças e saias.

Então assim, os looks do dia furaram completamente, e passaram a ser uma variação do mesmo tema: short jeans DIY (sorte que eu levei dois), camiseta folgada e sapato, porque uma havaiana é uma bomba num pé torcido (imagina CAIR DE NOVO). Sapato cozinhando o meu pé bom, por sinal. Mas sim, deu para comprar uma rasteira.

E também deu para ver a árvore na Lagoa, deu para sair para jantar, almoçar e até lanchar no Outback (lanche saudável, por sinal). E muito importante, também deu pra ir na Praça XV.

E não vou nem começar na vida de ser cadeirante por alguns dias, porque enquanto teve muita gente solícita e educada, que fazia questão que eu passasse na frente e me tratava com gentileza, cansei de receber sacoladas no meio do shopping. Enfim. Pelo menos já estou de muletas agora :)
  1. Ai meu Deus! Isso é uma desventura total, hehehehe. ainda bem que a viagem não foi perdida, Gabi :) Mas, meu Deus 46º??? Nunca vi isso na vida o.O
    Fora isso, amo seus desenhos muito, muito *-* Ficou super diva na cadeira de rodas, hehe!

    Beijoos, ♥

    ResponderExcluir
  2. Eu me divirto muito com teu Blog Gabi! :3 hahaah É tudo muito lindo e fofinho por aqui no ~mundo de Gabi~! <3 <3
    Eu quase não acreditei que tu desenhou teus lookzinhos! que coisa linda! Sai mostrando prozamigo do escritório! haha overdose de fofura! quis salvar todos so desenhos no meu acervo pessoal de referências fofinhas! x3
    Espero que vc fique boa logo! :**

    p.s.: uma amiga até comentou que teu blog era muito mais legal que esses blogs de moda super chatos. agreeded! u_u

    ResponderExcluir
  3. Que azar! Mas ainda bem que o Marcelo foi bonzinho e a viagem não foi toda perdida!!! (e aposto que vc arrasou mesmo com gesso no pé)

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Gabi, você arrasa muito! Eu sou dessas que derruba o armário dentro da mala, não usa metade, e reclama horrores pra carregar o peso. Quero ser que nem você quando crescer. Tirando a parte do pé quebrado, por favor!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Todas as minhas roupas combinam. Todas. Porque eu só tenho roupas pretas, vermelhas e roxas. Agora já compro umas brancas, cinzas e azul marinho. Mas quando viajo tento levar o menor número de roupas possível. Duas roupas pra sair, poucas oartes de baixo (viajei 10 dias em israel, no inverno, com apenas duas calças jeans) e algumas blusinhas. E geralmente um sapato fechado, um chinelo, um allstar e rasteira/bota dependendo do clima. E uma bolsa grande e outra pequena. Odeio mala grande e no fim das contas acabo não usando metade do que levei :/ Além disso, levando pouca coisa, dá mais espaço pras comprinhas :D

    Que chato torcer o pé no Rio :/ Eu fui pra lá em Novembro, mas ficamos no esquema Ipanema/Leblon/Copacabana pq estávamos cansadas e porque tenho vários parentes lá e podemos voltar sempre pra conhecer as coisas de turista.

    E, hun, adorei sua camiseta com spikes nos ombros. Quero igual.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado, porque não tenho uma roupa vermelha e nenhuma roupa roxa. Mas agora cinza e verde... Tenho uma paixão por camisetas cinzas, e todos os vestidos do mundo que são verde esmeralda. Deve ser mais fácil arrumar malas quando suas roupas tem cores definidas, hahah!

      Sim, pois é, pior é que mesmo planejando, sempre acabo levando coisa demais, e um monte de roupas vão só pra passear. Essa viagem eu levei duas sapatilhas (uma eu já fui usando), havaiana e um mocassim que foi passear. E levei uma bolsa grande (que foi passear) e uma pequeninha, verde, de estimação (que praticamente só usei no dia que torci o pé). E os colares todos foram passear, porque aff, impossível usar acessórios no calor!

      E sim, eu amo essa camiseta de spikes, e se pudesse usava ela toda vida.

      Beijo!

      Excluir
  6. Percebam que o desenho "tosco" da Couth é uma super produção perto dos monstrengos que eu desenharia hauhauah ai amiga tô morrendo de medo de cair aqui pq sabe, gelo, né. Vou tentar montar esses looks de viagem com minhas roupas de inverno e aproveitar q só vou usá-las aqui mesmo hauahauh
    Beijo e melhoras!!!

    ResponderExcluir
  7. Fico babando a cada desenho! E parece que mesmo com o contratempo, o Marcelo fez sua viagem ser muito legal né? Que bom! Beijo e vê se melhora logo! ;)

    ResponderExcluir
  8. Tenho dois comentários importantes a fazer:
    01. Tou imaginando você recebendo sacolada na cabeça no meio do shopping e HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA ai meu estômago, ai para HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA vou passar o resto da noite rindo disso, na boa. Nunca mais vou olhar um cadeirante num shopping com os mesmos olhos.
    02. ESSE é o seu planejamento tosco? Vá se catar, Couth. Qualquer diz desses eu te mostro os desenhos que EU faço, pra daí sim você chorar de vergonha.
    E tou amando sua fase postadeira, porque mesmo quando você não quer fazer graça, sempre acho seus posts o cúmulo do divertimento.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Couth, sua diva! Como pode você ficar insegura com seus desenhos? São demais de lindos! Se eu tivesse metade do seu talento, não ia parar de desenhar (e esfregar meus rabiscos na cara dos outros) tão cedo.
    Essa sua ideia de fazer um planejamento visual é realmente ótima. Confesso que não consigo ter esse tipo de preparação antecipada quando vou viajar. Quando eu era mais nova minha mãe sempre fazia isso. Não esqueço quando eu ia viajar com a escola e ela arrumava minhas roupas em conjuntinhos, um pra cada dia, e o prazer da minha vida era misturar tudo! #transgressões Já fui muito dessas que carrega o armário da dentro da mala, mas fui treinando com o tempo e hoje me acho uma boa arrumadora de mala. Ajuda o fato de, assim como a Deborah, minhas roupas serem muito coordenáveis entre si, de um jeito muito fácil. Basicamente tenho roupas de bolinha, floridas e roupas pretas, cinzas e vermelhas, então é até fácil me virar.

    E sobre seu pézito, nossa, me partiu o coração de dó quando você postou no Facebook, mas ainda bem que tens Marcelo Bernardo na sua vida pra te mimar desse jeito e te levar de cadeira de rodas pra passear pelo Rio, né?

    Adorei o gif, hihi

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Ah é, lembrei da primeira vez que fui pra Fortaleza, que consegui cair no mar (não me pergunte) e torcer o pé logo no primeiro dia de praia. Não tive que engessar, apenas ficar de faixa por alguns dias. Daí me recusei a usar muletas, então andava apoiada nos outros o dia todo, pulando num pé só, dançando um maracatu de bêbado bem constrangedor.

    ResponderExcluir
  11. Tava inconformada de você chamar esses desenhos de "tosco", aí, bum, surge um ainda mais lindo! Adorei o post!
    Melhoras aí, vai guardando os looks e os passeios, certamente você vai aproveitá-los em breve!
    Beijo

    ResponderExcluir
  12. essa ideia de planejamento foi absolutamente genial. comprei um style journal, mas, até agora, foram poucas anotações. queria desenhar bem, como você. ficou tudo lindo (:

    ResponderExcluir
  13. Ameei os seus desenhos, são lindos! Eu sempre que viajo tento planejar as roupas porque geralmente vou com minhas duas irmãs ai já viu o tamanho da mala né? Queria ter essa habilidade de desenhar e poder fazer meus looks do dia ahaha. E você já visitou o Rio? Eu moro aqui haha. Falando na Praça XV, já foi na feirinha de antiguidades que tem lá? É ótima! E ninguém merece quebrar o pé na viagem, nunca quebrei nada na vida haha, graças a Deus! Porque se um dia isso acontecer eu vou ficar maluca!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Seus últimos textos me fazem resumir o comentário à simples frase: Como eu queria saber desenhar.
    Pelamor, os textos ficam muito mais legais e personalizados e você é tão detalhista e fofinha que nem sei descrever! Sério. Achei palhaçada essa coisa de se lascar justo no recesso no RJ, mas faz parte. Pelo menos você tem um Marcelo em sua vida! E, ai, ficar engessada no calor é a pior coisa que existe! Ainda bem que você já está melhor! Estou amando sua vibe postadeira, viu?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Ah, que ilustrações perfeitas! Eu já tinha vinda aqui, esqueci de seguir XD Adorei esse planejamento, acho que vou fazer isso quando (e se) eu viajar. E que pena que você torceu o pé. Eu sou muito desastrada, na minha cidade quase todas as ruas são de paralelepípedo, e eu sempre (sempre!!) torço o tornozelo. Mas nada que tenha me levado ao hospital. Estou só esperando isso acontecer XD SQN.
    www.analogicbea.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Caraca, esses desenhos são toscos????Tá ficando doida, é, Gabriela, calcule se tu visses os que eu faço...Melhoras para vc e seu pézinho torcido, faça fisoterapia, para não ficar com ele fraquinho!!!

    ResponderExcluir
  17. E esse pezinho já melhorou? Fico pensando a merda que vede ser ter perna engessada nesse calor cozinhante que tá fazendo no Brasil... Jesus, toma conta! ahuahuah Beijão!

    ResponderExcluir
  18. Antes de mais nada: acabei de conhecer o blog e achei lindo! Sobre os desenhos: TOSCOS? Pelo amor de Deus! HAHAHA Você precisa ver algo que eu desenhei, aí sim você vai saber o que é desenho tosco. E que ideia GENIAL! Nas próximas viagens vou fazer exatamente isso. Vai facilitar minha vida, e muito!
    Beijão, Nini
    Ninhada Literária

    ResponderExcluir


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.