Projeto Amor


No começo de abril (que todo mundo está cansado de saber que foi o pior mês do mundo), eu e MB decidimos ter 42 primeiros encontros de novo. Não sei porque demorei tanto a escrever sobre esse projeto aqui, mas, bom, cá estou eu.

Nesse ínterim, talvez pela presença maligna de Mercúrio sobre todos os signos, a gente viajou, brigou, chorou, fez greve de fome, e voltou. Mas voltar a ler esses posts já escritos faz meu coração reacender de amor, e bom, eu precisava postar aqui. Precisava falar um pouco mais sobre esse amor que eu já escrevo tanto sobre numa tag aqui do blog, e o melhor, ver o que também ele tinha para me dizer sobre isso também. Demos uma pausa no ápice dos desentendimentos, e agora esperamos o melhor momento para retomar esses últimos 20 dias de amor e de paz, que quem sabe também não marque outros recomeços.

A rotina às vezes sufoca, o amor vira aquele sentimento tão banal que beijar é mais um reflexo que uma vontade. Mas, posso ter certeza, que mesmo depois de 8 anos (!!!) juntos, ainda consigo olhar para ele e me apaixonar um pouquinho todas as vezes.

E espero que todo mundo que lê esse blog possa se apaixonar também.

PS.: Sempre tem ilustrações!
PS2.: Quem quiser comentar no blog, compartilhar o projeto no facebook, e espalhar o amor será recompensado com MAIS AMOR. Mãe Gabriela garante.
PS3.: Quem quiser fazer post indicando (isso ainda existe?), colocar link, meu Deus, posso mandar um beijo?

25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.