BEDA: a introdução (01/31)



Eu sou uma pessoa que tem certa dificuldade de colocar projetos pessoais pra frente. Tanto que quem me conhece de verdade não coloca a menor fé. Foi assim que eu, quinze minutos atrás, respondi na Máfia que queria, sim, participar do BEDA. E fui respondida por uma Analu descrente, dizendo que eu não ia aguentar quatro dias. Podia ter ficado magoada, mas dei um suspiro de amor: amiga de verdade conhece tanto a gente, né?

Então, BEDA. Blog every day. August.

Tem gente que diz que agosto é o mês do desgosto, e não sei muito bem qual a vibe dessas pessoas de já chegar no dia primeiro anunciando longuíssimos trinta dias futuros de terror. Não, muito obrigada, agosto é um mês como todos os outros (tirando dezembro, que é, claramente, o melhor mês do ano). Mas quando estudava, sentia uma energia que chegava em agosto, um gostinho de que começou o fim do ano, que as férias de julho enfim acabaram, e que temos essa pausa natural de perceber que metade do ano já passou (!), e que pouco a gente fez, mas que ainda dá tempo. Sempre dá tempo.

Então, agosto chegou mais uma vez, e depois de anos, também voltei a estudar. Nada como um fresh start para botar a vida em um pouco mais de perspectiva, certo? Vai ser um bom mês. Me aguardem (ou não). Melhor falhar do que nunca ter tentado, certo?

>> Acompanhem o BEDA das outras mafiosas aventureiras, Anna Chicória, Analu, Paloma, Xará e Gab Plâncton. Nós somos invencíveis, pdk.

>>> Plmdds me indiquem temas.

  1. Melhor falhar do que nunca ter tentado. Que frase, amiga. E tem melhor jeito do que falhar junto dA Gente? Segura a nossa mão e vem!
    Vai ser um mês incrível.
    Te amo <3

    ResponderExcluir
  2. Amei que você vai brincar e quero deixar bem claro que, por mais que eu tenha previsto uma grande furada, acredito em você e no poder d'A Gente de pentelhar umas as outras para que ninguém pare tão rápido.

    Sua definição de agosto foi perfeita: já chegamos na metade do ano e pouco fizemos (mas casamos!) e ainda dá tempo, então vamos lá.

    Te amo <3

    ResponderExcluir
  3. durando 01 dias ou 31, se joga que tá lindo ♥ agosto, vemk

    ResponderExcluir
  4. Acabei de voltar pr'essa vida blogueira e já considerando pacas! haha
    Amando essa vibe de que todo mundo tá tentando mesmo sabendo que as chances de dar errado é enorme.
    Melhor falhar, que não ter tentado. Sempre.
    Tatuarei na alma.

    Bjs Gabi! Boa sorte!

    Temas? Bote umas TAG's no meio. hahahha

    ResponderExcluir
  5. Ain, miga, to super torcendo pra você sobreviver mais de quatro dias hahaha Vdds sejam ditas, não botei nenhuma fé quando você quis entrar na roubada, mas estou feliz que tenha entrado nessa nossa canoa furada e torcendo pra que seja sucesso.
    Te amo muitão <3

    ResponderExcluir
  6. Estamos as duas sem ter muita certeza desse BEDA, mas ainda bem que você mergulhou nessa também. Boa sorte pra nós!

    ResponderExcluir
  7. "Melhor falhar do que nunca ter tentado, certo?" NÉ MESMO?

    Boa sorte pra nós!

    ResponderExcluir
  8. SEMPRE dá tempo, e o importante é se divertir no processo. Eu já estou amando fazer parte disso, e com você no barco as coisas ficam ainda melhores.
    beijos, sua creiça
    te amo

    ResponderExcluir
  9. "Melhor falhar do que nunca ter tentado" virou, oficialmente, meu lema pra esse BEDA.

    Amiga, tô tão feliz que cê entrou nessa com a gente. Quer dizer né, as chances de dar errado são altíssimas pra todas nós, mas vamos com fé, porque cilada acompanhada é muito melhor e, no final, pelo menos pode render uma boa história (ou um bom post).

    te amo <3

    ResponderExcluir
  10. Bora Couth!!! Você consegue hahah força! Também entrei nessa, meio sem esperança, confesso. Mas já tô no segundo, e olha só, não desisti.
    Beijo.

    ResponderExcluir


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.