O Misterioso Dr. Gabriel Pinheiro (14/31)

A primeira vez que aconteceu, fiquei surpresa. Não era uma corrente, daquelas com meia centena de outras vítimas encaminhadas: era um email direto para mim, de um indivíduo, percorrendo toda a rede da internet até chegar no outro. No entanto, ao que parece, eu fiquei no caminho.


perai.. tem alguma coisa errada aqui


Com os emails seguintes, consegui identificar. Dr. Gabriel, médico, provavelmente cardiologista, que com freqüência recebe uma planilha dos plantões, convites para palestras e confirmação na inscrição do 16o Congresso Regional de Doenças do Coração. Algumas vezes respondi o email, com um texto que vai mais ou menos assim: acho que esse email veio errado, sou uma designer de Fortaleza, e não tenho absolutamente nenhum interesse em saber que o Dr. Paulo não irá dar plantão amanhã.

Mas a coisa foi tomando um rumo desproporcional, e enfermeiras, e outros médicos, e praticamente todas as pessoas do mundo resolveram mandar emails para o Dr. Gabriel. E eu não posso deixar de me perguntar: quem é o Dr. Gabriel? Qual o email dele? Sua letra é tão feia que ninguém consegue entender, ou ele acredita que o email dele realmente é gabrielapinheiro e sai distribuindo esse endereço para todo mundo? Porque uma coisa é a enfermeira Nurse me enviar uma solicitação de receita. Outra é o recebimento de um email confirmando uma inscrição, ainda com aquela mensagenzinha capciosa no final: se você não é Gabriel Pinheiro, desconsidere. Fácil você dizer.

msg p vc


Um dia, esse ano, o Dr. Gabriel resolveu colocar o email na lousa depois de uma das aulas que ele ministra (não sei bem qual), falando para os alunos encaminharem o currículo para seleção de uma vaga de fisioterapeuta. Depois desses dia, durante aproximadamente um mês, eu recebia em média de 5 a 7 currículos por dia. Uns mal diagramados, outros com erro, gente que não sabe se apresentar no corpo do email, um horror. No começo, me compadecendo de estar momentaneamente desempregada e conhecendo a frustração de enviar um currículo e não receber sequer uma resposta, respondi para as primeiras 15 pessoas. Olha, você pegou o email errado. Aproveita e avisa para ele. A situação acabou perdendo as proporções e eu perdendo a paciência (gente que manda: recebeu o curriculo????? deu uma olhada????? Eu fui aprovada para a vaga???? Quando devo ir????), então alguns eu respondi: não. E para uma moça extremamente irritante eu falei para ela ir me procurar na quinta-feira no Hospital.

Pensei em responder a todos, marcando no mesmo dia e na mesma hora, e aparecer lá também com uma câmera de vídeo e registrar tudo, fazendo um flashmob.

perai deixa eu anotar... é gabriel... a... pinhe... @... hot o quê?

Depois dessa avalanche de currículos, entrei em contato com o Hospital (!) para avisar ao Dr. Gabriel que essa história já estava virando uma palha assada. Mas não obtive resposta.

Ano passado recebi um email do pai do Dr. Gabriel (ele é jovem, pelo visto). Eles haviam brigado, e o Dr. tinha ido embora sem falar com o pai. Era uma mensagem muito comovente, e, pasmem, assinada por um tal de Nilton Cesar Pinheiro. Meu pai é Antonio Cesar Pinheiro. Respondi o email com carinho, dizendo que eu não era o filho dele, mas que esperava muito que a mensagem tivesse chegado ao destinatário certo. O Sr. Nilton me respondeu agradecendo, e desejando que eu tivesse gostado da mensagem. Eu gostei, viu, Sr. Nilton! E adorei a coincidência.


deixa eu encaminhas uns pps pro gabriel que ele vai gostar ctz

Mas eis que hoje recebo um email, curto e grosso:
"Me traz dois twin packs de speed stick pra mim? E dá uma olhada em jogos do xbox também. Se achar alguma coisa te falo."

Então.
Por favor, Dr. Gabriel, traga os speed sticks do Thiago.

E quando voltar de viagem, vê se aprende qual é o seu email.
  1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA AMIGA SOCORRO

    Quando comecei a ler o texto e me dei conta que era essa a história que você ia contar, já comecei a rir loucamente porque né, como não achar graça. Mas aí você transformar uma ótima história num texto ainda melhor e com. fotos. de. cachorros. I rest my case. Sei que é inconveniente e não sei como Dr. Gabriel não se sente nem um pouquinho interessado em resolver isso, mas não consigo achar ruim de todo porque, no final das contas, pelo menos vai render uma boa história (e bons post).

    amo você <3

    ResponderExcluir
  2. Seria cômico se não fosse trágico.
    Isso me lembrou a Popy de Fiquei com seu número, ela fica com o celular da secretária do cara e sem querer querendo começa a receber um monte de email pessoal dele. Alguns ela faz igual você fez, respondeu por ele. Inclusive um do pai.

    Tomara que quando ele voltar ele entenda que o email dele é outro.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Quando eu vi o título já vim correndo, porque sabia que ia ser um relato e tanto.
    Mas aí você complementou com essas fotos desses cachorros maravilhoso e não tive como não morrer de rir enquanto lia.
    Dr. Gabriel, pfvr, seje menas. HAHAHA

    Te amo! <3

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAAHAHAHA amiga por que pelo amor de deus tu não fez um flashmob? Já pensou? Senhor!
    Dr. Gabriel, o sr. é jovem, por favor tome tento do email que o sr está distribuindo por aí que isso aí não ta certo.

    Te amo, amiga! <3

    ResponderExcluir
  5. genteeeeeeeem amei a historia!!!!!! hahahahaha como alguém pode não saber o proprio email???? QUAL SERA O EMAIL CERTO? COMO O PROPRIO PAI CONFUNDE O EMAIL DO FILHO? tipo, ele nunca recebeu nenhum email do filho e não tem o endereço certo??? CONFUSO. a gente poderia até pensar que o email do cara é gabriel.apinheiro e esqueceram o ponto, mas o google ignora pontos (esse é o seu email, na verdade). SERIO, MUITO CURIOSA. será então hotmail? mas como a pessoa confunde isso??? hahahahaha será que é gabrielopinheiro? ainda intrigada com o fato de O PROPRIO PAI ter errado o email!!!!!

    acho que em alguma dimensão paralela o email dele realmente é gabrielapinheiro e vocês dividem o mesmo usuario. rá! hahahahaha

    ResponderExcluir
  6. HAHAHAHAHAHAH MEU DEUS EU AMO ESSA HISTÓRIA HAHAHAHAHAHA OS CACHORROA
    Não consigo conceber COMO uma pessoa pode passar o e-mail errado pra tanta gente, se inscrever com e-mail errado pra um congresso, e quantas falhas de comunicação absurdas que tem nessa história. O pai poderia ter avisado, os alunos poderiam ter avisado, você tentou avisar, meu Deus!!! Será que ele não desconfiou ao não receber as confirmações do congresso ou então não achou estranho que ninguém mandou os currículos pro e-mail certo???

    Acho que o que pode acontecer é que ele chama Gabriel Antônio Pinheiro ou algum sobrenome com A, e usa gabrielapinheiro em outro servidor, ou então todo mundo sofre de uma histeria coletiva e adiciona esse A sem propósito. TANTAS QUESTÕES!
    As pessoas, elas são muito estranhas. Acontecem coisas.
    beijos <3

    ResponderExcluir
  7. gente comassim! hahahahaha
    ri do começo ao fim especialmente com "vou passar uns ppt pro gabriel" haha omg! Que fotos incriveis sério.

    ResponderExcluir
  8. AHIAUSHAUISHAUIHAIUREHRIUAHAS comassim uma coisa dessas é possivel! ri demais e só podia ser coisa de gente amiga da analu!! :) beijao!

    ResponderExcluir
  9. Que tal todo mundo usar o mesmo email?
    Se é pra ser surreal, vamos nos esforçar, né?
    Dhauishduiashd

    ResponderExcluir
  10. EU RI TÃO MAS TÃO MAS TÃO ALTO QUE NEM SEI. Acho que vou ler o texto todo só pra rir mais um pouco. Acho essa história muito incrível e hilária. E esses cachorros e essas legendas, ai não aguento. Amiga, genial.

    Sempre me pergunto COMO É POSSÍVEL que o Dr. Gabriel ainda não tenha se tocado e passado o e-mail certo pras pessoas, gente. Será que ele nunca repara que ele não recebe os emails??? E o trem do flashmob foi a ideia mais brilhante que eu já ouvi, devia ter feito.

    Te amoo.

    ResponderExcluir


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.