Rio: Combos Imperdíveis (18/31)

Que eu sou apaixonada pelo Rio vocês já sabem. Vira e mexe alguém me pergunta o que deveria fazer quando viesse para cá, se eu tenho alguma dica, o que a pessoa não pode deixar de fazer, etc. Já compartilhei algumas dicas aqui pelo blog, mas recentemente pensei em alguns lugares que merecem post, por tudo que eles tem a oferecer.




1. Pavão Azul: cerveja + pastel
O famoso do Pavão Azul são as ditas pataniscas, que é um bolinho de bacalhau sem batata, feito só de... bacalhau. Ai de você se disser que é só um bolinho de bacalhau, mas, bom, é só um bolinho de bacalhau. Gostoso. Só que um bolinho. Mas o pastel não é só um pastel, e além de ser uma delícia, o preço é de chorar (R$ 2,80 socorro). Eu não posso comer o de camarão, mas me comprovaram que é maravilhoso, e o de carne é de chorar de tão molhadinho e delícia. Nham.



2. Bar Urca: vista + empada de palmito
Eu já fui no Bar Urca uma centena de vezes, e dessa centena, apenas umas 20 tinha a tal empada de palmito. E olha, ela é boa demais, por isso que acaba tão cedo. A empada, uma caipirinha, aquela vista... Não precisa de mais nada. Repetindo que não posso comer camarão, mas se eu pudesse, certamente também me fartaria no pastelzinho. Já havia falado sobre o Bar Urca aqui, e continua valendo à pena.




3. Feira da Praça XV + Bar Luiz
As feiras são ao sábado, e ficam a uma caminhada de distância da Rua da Carioca, que é onde está o Bar Luiz, e já tinha falado sobre ele por aqui. Não me importa o que você for pedir por lá, mas peça o chopp escuro e a salada de batata. A salada de batata do Bar Luiz merecia ser patrimônio histórico do Rio, e já comi muita salada de batata nessa vida, mas nenhuma se compara a essa.



4. Arpoador + Vero
Não é muito exatamente pertinho, mas fica numa distância bem razoável. Passou o dia na praia, assistiu o famoso pôr-do-sol no Arpoador, e agora tem fome? Ande um pouco pela Visconde de Pirajá até a Vero, a melhor sorveteria que eu já tive o prazer de cruzar. Os sorvetes são densos, deliciosos, e tem sabores pouco comuns como gorgonzola (amo). Mas não se preocupa que também tem normais, tipo chocolate, pistache, doce de leite... O meu favorito é o de Tiramisu. Vale a pena. Muito.




5. TT Burguer: Hambúrguer + Sacode
Tudo no TT Burguer tem um nome engraçadinho, deve ser porque eles são da Reserva. Tipo chamam guardanapo de escorre baba, milk shake de sacode, tudo tem um codinome, e eu bem que queria dizer "migo seje menas" e nunca mais ir por lá, mas é impossível. Não sei se vocês sabem, mas até o TT eu era convicta que odiava hambúrguer. Eu nunca tinha comido um hambúrguer que valesse gastar aquele rio de dinheiro (alguém me explica por que é razoável gastar 40 reais num hambúrguer pfvr), e sei lá, nunca achei graça.

Mas aí eu provei o do TT e minha vida mudou. É simplesmente o hamburguer mais delicioso que eu já comi nessa vida. Ainda é servido com o famoso ketchup de goiabada. E pra completar, eles vendem milkshake Sacode sabor doce de leite com flor de sal, que é a maior maravilha desse mundo, ou de Nutella, que também é a melhor maravilha desse mundo. Socorro. Comam. 
  1. Sou oficialmente a pior carioca do mundo, porque nunca fui nem na feira da praça XV, nem no Bar Luiz, nem no TT. Mas vou melhorar, prometo. Agora que moro perto da civilização, tudo é mais fácil. As outras indicações, assino embaixo com força.

    Aff, me deu até vontade de sair agora e fazer algo carioca. Pena que são 21h de uma quarta-feira e estou de pijamas. Mas já tenho planos de levar Letícia na Vero tem tempo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, amiga, fiquei aqui aguando, principalmente pela salada de batata, pois: amo salada de batata.
    Promete me levar em todos esses lugares um dia? Obrigada.

    Te amo <3

    ResponderExcluir
  3. Ei Gabi. :)
    Que difícil é não viver no Rio.
    Estive ai em maio, tive na Praça xv, Urca e Arpoador mas não dessa maneira

    Vou ter que voltar logo.

    Ai que saudade dessa cidade maravilhosa. ♥

    ResponderExcluir
  4. Jesus um roteiro "gastronômico" carioca do melhor modelo, desses com comidinhas aleatórias tipo pastelzinho de camarão (preciso). Já to aqui ansiosa pra pra comer essa salada de batata do bar Luiz porque SALADA DE BATATA, gente. Setembro chega logo plmdd.

    Te amo! <3

    ResponderExcluir
  5. Adorei as dicas! Sempre que leio seus posts sobre o Rio já me bate uma vontade danada de conhecer a cidade ^^

    bêjo.

    ResponderExcluir
  6. Estou morta com esse post.

    Amo demais posts gastronômicos (inclusive sdds), mas amiga, é uma covardia você fazer um post desses e não avisar, de modo que eu acabei caindo aqui nesse horário tenebroso das 16h, onde a fome bate forte mas não tenho muito o que fazer senão esperar (a preguiça, sempre a maior vilã). É claro que eu vou comer... daqui umas horinhas. Mas também não vou comer nada dessas delícias e não estou no Rio de Janeiro e não estou com as melhores pessoas do mundo e fim. Sdds. Post abusado.

    te amo <3

    ResponderExcluir
  7. Uma palavra? PRECICO.
    Gente, eu sinto saudades dessa sorveteria todos os dias da minha vida. TODOS. E agora preciso provar esse hambúrguer porque hambúrguer é a minha vida e um dia vi um programa especial sobre esse ketchup de goiabada (achei estranho mas fiquei curiosa mesmo assim) e apenas preciso provar isso.

    E o Bar Urca. AI meu coração o Bar Urca. <3
    te amo!

    ResponderExcluir
  8. Babei aqui?! Nunca fui ao Rio, minha passagem durou 30min no Galeão de um avião pro outro, tempo em que enfiei uma coxinha com guaraná goela abaixo.
    Mas o fato que existe sorvete de queijo (quê???), e esse TT Burguer?! Kero. Kero muito.
    E menina, como assim 40 reais num burgui? Aqui na minha cidade a gente come ~xis~ e tu come xis(es) maravilhosos por 15 reais. <3
    Agora eu preciso visitar o Rio.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. nunca foi tão sofrido ler um post.
    tô aqui morrendo de fome j_j

    mas as dicas anotadíssimas pra quando eu me jogar pr'esses lados.
    QUERO HAMBURGUER

    ResponderExcluir


25 anos. Mora no Rio de Janeiro, é carioca de alma, mas cearense de coração. É designer e está tentando se encontrar nesse mundo. Sou casada com meu melhor amigo, o Marcelo Bernardo, e mãe da Dindi the Boston.

Gosto de ler, de dormir de rede, de inspirações repentinas e de petit gateau. Mas o mundo seria muito melhor sem aliche gente que fura fila. Ah, e de vez em quando eu desenho.

Autora


Welcome

Tecnologia do Blogger.

Procura algo?

Arquivo do blog






Esse blog está vestido com as roupas e as armas de Jorge, porque ninguém há de copiar esses textos e ilustrações sem dar o devido crédito.